terça-feira, 9 de maio de 2017

Banggood: Novas regras de reembolso de entregas recusadas no Brasil

A Banggood é um site de  e-commerce chinês e que foi fundado em 2006. A loja vem se destacando no mercado brasileiro pela variedade de produtos, preço baixo e bom relacionamento com os clientes. 

Mas nem tudo são flores, devido as altas taxas de impostos do Brasil muitos clientes da loja estão comprando produtos e deixando voltar por se recusar a pagar as altas taxas cobradas pela Receita Federal. Ao devolver o produto a Banggood faz o reembolso completo do produto, dessa forma a loja fica com o prejuízo , pois paga frete e fica com o produto parado por meses.

As compras acima de US$ 500,00 (quinhentos dólares) até US$3,000.00 (três mil dólares) vai para o serviço de Importa Fácil dos Correios, sendo que é cobrado R$ 250,00 pelo serviço de despacho aduaneiro + 60% do valor total do produto, frete e seguro e + ou - 17% de ICMS. No final das contas os impostos sai mais caro que o produto.  Para compras abaixo de US$ 500,00 a taxa é de 60% sobre o valor total + 17% de ICMS cobrado em alguns estados + taxa de R$ 12,00 dos correios. (Antes de comprar faça os cálculos de quanto você irá pagar de impostos).

Com isso, a Banggood altera sua politica de reembolso para as entregas recusadas no Brasil, a partir do dia 12 de maio de 2017, pela nova regra "o cliente poderá solicitar o reembolso do seu pedido e a Banggood irá descontar do valor a ser reembolsado os custos de frete e uma taxa de 10% do valor total da mercadoria em seu pedido".

Fonte: Correios e Banggood